O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá informa que a partir do dia 12 de janeiro de 2023 o sistema PJe será expandido para novos processos dos Juizados Especiais Cíveis da Comarca de Macapá, conforme Atos Conjuntos nº 564/2020-GP/CGJ, 643/2022-GP/CGJ e a Portaria nº 67516/2023-GP.

Transparência do TJAP

 

Apresentação

O portal da Transparência é um importante marco para o Tribunal de Justiça do Estado do Amapá e representa o esforço e o compromisso público pela qualidade dos seus serviços. Compromisso que visa qualificar e ampliar a capacidade de atendimento do serviço público às demandas da sociedade.

O portal da Transparência resultará em benefícios à sociedade e à própria Instituição, mediante a organização e a otimização dos serviços prestados, visando o seu aprimoramento. Desse modo, mais que uma exigência legal, o Serviço de Informação ao Cidadão é uma oportunidade para que o Tribunal esclareça seu papel à sociedade, qualifique seus serviços e promova a gestão pública, pois, agindo assim, a Instituição estará garantindo cidadania e fortalecendo cada vez mais o Poder Judiciário do Amapá.

Este serviço agrega transparência à atuação do Tribunal ao informar, aos diferentes públicos, quais os serviços oferecidos, as formas de acesso, bem como os locais e meios para esse acesso. A partir da disponibilização deste instrumento, a Instituição reforça a diretriz por uma gestão participativa, em que a satisfação dos usuários não é apenas um fim, mas um meio para melhorar a gestão, ajustando o atendimento e a prestação de serviços oferecidos pelo Tribunal.

 

Ranking da Transparência

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) editou a Portaria n. 25 de 17 de janeiro de 2024 para divulgar os critérios de avaliação e pontuação a serem utilizados na elaboração da sétima edição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário – ano 2024.

O Ranking, instituído pela Resolução CNJ n. 260/2018, é realizado anualmente e busca estimular os órgãos da Justiça a disponibilizar as informações de forma mais clara e padronizada à sociedade, tornando mais fácil e transparente o acesso a esses dados.

Os itens sob avaliação estão distribuídos em dez temas compostos por 86 perguntas, como por exemplo, se os órgãos publicam os resultados do Planejamento Estratégico Institucional; os atos normativos; os dados gerais para o acompanhamento de programas, ações e projetos. Pela primeira vez a avaliação permitirá verificar se há links de acesso aos principais serviços de atendimento ao usuário, como PJE, Balcão Virtual, Primeiro Atendimento/Juizados Especiais, publicado no tema Serviço de Informação ao Cidadão (SIC).

Um das novidades é que os tribunais/conselhos não precisarão responder a um questionário para serem avaliados. Desta vez, o CNJ verificará a correspondência dos dados publicados pelos órgãos com os critérios estabelecidos na Portaria e no glossário de orientações gerais. A avaliação será realizada entre os meses de abril e maio.

PAINEL DA TRANSPARÊNCIA TJAP

 

Resoluções

Resolução CNJ n. 260, de 11 de setembro de 2018 - Altera a Resolução CNJ n. 215, de 16 de dezembro de 2015, e institui o ranking da transparência do Poder Judiciário.

Resolução CNJ n. 215, de 16 de dezembro de 2015 - Dispõe, no âmbito do Poder Judiciário, sobre o acesso à informação e a aplicação da Lei 12.527, de 18 de novembro de 2011.

Lei n. 12.527, de 18 de novembro de 2011 – Lei de Acesso à Informação.

Portarias

Portaria n. 57, de 7  de março de 2023 - Divulgar os critérios de avaliação e pontuação a serem utilizados na elaboração da 6ª edição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário. (revogada)

Portaria n. 106, de 31  de março de 2022 - Divulgar os critérios de avaliação e pontuação a serem utilizados na elaboração da 5ª edição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário. (revogada)

Portaria n. 101, de 26  de março de 2021 - Divulgar os critérios de avaliação e pontuação a serem utilizados na elaboração da 4ª edição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário. (revogada)

Portaria n. 67, de 7  de abril de 2020 - Divulgar os critérios de avaliação e pontuação a serem utilizados na elaboração da 3ª edição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário. (revogada)

Portaria n. 95, de 25 de junho de 2019 - Divulgar os critérios de avaliação e pontuação a serem utilizados na elaboração da 2ªedição do Ranking da Transparência do Poder Judiciário. (revogada)

radar.png

Apresentação

Para além de ser um direito do cidadão, a transparência na administração pública é uma ação concreta que possibilita, de fato, a fiscalização e o controle social, bem como viabiliza a participação da sociedade na tomada de decisões. Afinal, para controlar é preciso ter acesso às informações e conhecer. Saber com clareza como o dinheiro arrecadado com impostos é gasto pelos órgãos públicos.

2022

ACESSO AO PAINEL - CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO

painel_radar.png

Selo Ouro CNJ Selo 28 Anos TJAP Sessões online Parceiros Digitais

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá utiliza cookies em seu portal e Aplicativos para controle de navegação no site e geração de informações estatísticas, os quais são armazenados apenas em caráter temporário para melhorar a experiência do usuário. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com esse monitoramento. Conheça nossa Política de Privacidade, Cookies e a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais - LGPD